Política de Privacidade

Política de Privacidade

Conheça a LGPD

Bem-vindos à Supply Midia!

 

1. Quem somos

Criada para atender à crescente demanda de troca de documentos e informações entre parceiros de negócios, a Supply Midia oferece serviços de EDI (Eletronic Data Interchange).

Desde então, estamos constantemente ampliando nossa oferta de produtos, com o objetivo de nos tornarmos capacitados em prover soluções integradas, completas e customizadas para nossos clientes, garantindo um só ponto de contato e eficácia no controle de informações vitais entre os mesmos e seus stakeholders.

Para isso, contamos com uma equipe formada por especialistas do mercado financeiro e de tecnologia, que garantem flexibilidade, conhecimento e agilidade no atendimento de necessidades específicas dos nossos clientes com soluções inovadoras.

 

2. O propósito do documento

A Política de Privacidade aqui descrita busca demonstrar como os seus dados pessoais são tratados pela Supply Midia, reforçando nosso compromisso com valores importantes, dentre os quais se destacam o bom relacionamento e a transparência com os Usuários, em linha com as disposições da Lei Geral de Proteção de Dados (Lei 13.709/18).

 

3. Das Definições

a) “Supply Midia – Tecnologia e Serviços Ltda.”: proprietária do website https://www.supplymidia.com.br/ (“Website”), do aplicativo Total Bank e dos portais Total Bank (https://www.totalbank.com.br/),   Contra Cheque (https://portal.totalbank.com.br/contracheque/),  além de prestadora de demais serviços em EDI (“Serviços”). Nesta Política denominada simplesmente como Supply Midia.

 b) “Usuário”: é aquele que utiliza os Portais, o Website e demais Serviços da Supply Midia, independentemente de login ou cadastro.

c)LGPD“: significa “Lei Geral de Proteção de Dados”, trata-se da Lei nº 13.709/2018;

d)Dados pessoais“: qualquer informação relacionada a pessoa natural que a identifique, ou que, usada em combinação com outras informações tratadas, identifiquem um indivíduo. Ainda, qualquer informação por meio da qual a identificação ou informação de contato de uma pessoa natural seja possível;

e)Titular”: pessoa natural a quem se referem os dados pessoais objeto do tratamento.

f)Tratamento de Dados Pessoais“: considera-se tratamento de dado pessoal a coleta, produção, recepção, classificação, utilização, acesso, reprodução, transmissão, distribuição, processamento, arquivamento, armazenamento, eliminação, avalição ou controle da informação, modificação, comunicação, transferência, difusão ou extração de dados de pessoas físicas;

g) “Controlador”: pessoa natural ou jurídica, de direito público ou privado, a quem competem as decisões referentes ao tratamento de dados pessoais;

h) “Finalidade”: o que a Supply Midia objetiva a partir do tratamento de dados pessoais.

 

4. A Quem essa Política de Privacidade se aplica?

Esta Política de Privacidade se aplica a todos aqueles que utilizam o Website, os Portais e os Serviços da Supply Midia, bem como àqueles que de alguma forma tenham seus dados pessoais tratados pela Supply Midia. A utilização pelo Usuário implica na aceitação desta Política de Privacidade.

 

5. Tratamento de Dados Pessoais

Para nós, é muito importante que você, Usuário, saiba como seus dados são tratados, como os obtemos e quais são esses dados. Por isso, fizemos questão de montar com a tabela abaixo, para que você não perca nenhuma informação:

Origem dos dados Dados tratados
Informações que você fornece como Usuário A Supply Midia coleta informações fornecidas pelos próprios usuários por meio do Website, dos Portais e Serviços, nas seguintes hipóteses:

  1. Cadastro nos Portais Supply Midia: (i) nome completo; (ii) CPF; (iii) CNPJ; (iv) Razão Social; (v) e-mail; (vi) telefone celular; (vii) dados bancários (agência, número da conta, tipo de convênio com o Banco).
  2. Dados de terceiros: (i) nome; (ii) dados de pagamentos (agência, conta, valor a pagar/receber, etc.); (iii) CPF; (iv) CNPJ; (v) e-mail.
  3. Suporte: (i) nome; (ii) e-mail; (iii) CNPJ; (iv) CPF; (v) Razão Social; (vi) Produto; (vii) dados bancários (agência, número da conta, tipo de convênio); (viii) demais informações eventualmente enviadas a depender da solicitação.
  4. Validação estrutural de Arquivos: (i) nome; (ii) CPF; (iii) CNPJ; (iv) endereço; (v) telefone; (vi) e-mail; (v) dados bancários (agência, número da conta, tipo de convênio); (vi) demais informações constantes no arquivo enviado para validação de Layout.
  5. Cadastro no Website para envio de newsletter e e-mail marketing: (i) nome; (ii) e-mail.
  6. Propostas comerciais e contratos: (i) CNPJ; (ii) Razão Social; (iii) Nome e cargo do solicitante; (iv) Nome do responsável financeiro; (v) e-mail; (vi) assinatura.
Informações coletadas automaticamente A Supply Midia coleta e armazena informações sempre que o Usuário interage com os Portais ou com o Website. São exemplos:

  1. A utilização de cookies (de sessão, persistentes e de rastreamento) e de Pixels ID.
  2. Consulta e gestão de dados de tráfego nos Portais da Supply Midia, tais como, movimentações financeiras da conta corrente, informações de carteira de cobrança, informações de favorecidos de pagamentos, etc.
Informações coletadas de outras fontes A Supply Midia trata dados pessoais coletados em razão de contratos com Bancos, bem como, com Representantes Comerciais e Responsáveis Técnicos associados à Supply Midia, sempre mediante solicitação prévia do Titular, nas seguintes hipóteses:

  1. Instalação de aplicação de EDI: (i) Nome; (ii) e-mail; (ii) telefone; (iii) dados bancários (agência, número da conta, tipo de convênio); (iv) CPF; (v) CNPJ; (vi) Razão Social.
  2. Cadastro na Ferramenta EDI: (i) nome; (ii) e-mail; (iii) telefone; (iv) CPF; (v) CNPJ; (vi) Razão Social.
  3. Cadastro no Portal Total Bank: (i) Nome; (ii) e-mail; (iii) endereço; (iv) telefone; (v) CPF; (vi) CNPJ; (vii) dados bancários (agência, número da conta, tipo de convênio).
  4. Portal CRM: (i) nome; (ii) CPF; (iii) CNPJ: (iv) endereço; (v) telfone; (vi) e-mail; (vii) dados bancários (agência, número da conta, tipo de convênio); (viii) dados de contrato; (ix) dados financeiros.
  5. Propostas comerciais e contratos: (i) CNPJ; (ii) Razão Social; (iii) Nome e cargo do solicitante; (iv) Nome do responsável financeiro; (v) e-mail; (vi) assinatura.

 

No envio de e-mails ou mensagem por WhatsApp, há possibilidade de livre inserção de dados, seja na conversa ou como anexo. Entretanto, a Supply Midia não exige dados excessivos, desnecessários ou em desconformidade com a LGPD. Sendo assim, o envio de quaisquer dados, por liberalidade do Usuário e que não sejam necessários para atendimento de finalidade legítima, serão eliminados.

 

6. Finalidade do Tratamento e Base Legal Adotada

Buscando sermos sempre transparentes, relacionamos abaixo as principais finalidades de nossas operações que envolvem dados pessoais, aliadas às suas respectivas bases legais para tratamento. Confira:

Finalidade Base Legal
Prestar o serviço, dando-lhe a funcionalidade adequada Art. 7º, inciso V da LGPD – execução do contrato entre a Supply Midia e o Usuário.
Responder às solicitações, atender pedidos e dar suporte técnico. Art. 7º, inciso V da LGPD – execução do contrato entre a Supply Midia e o Usuário.
Para fins comerciais, tais como análise e gestão de negócios, pesquisas de mercado para desenvolvimento de novos produtos, aprimoramento dos Portais e do Website e melhoria de nossos serviços e produtos. Art. 7º, inciso IX da LGPD – interesse legítimo da Supply Midia. Caso o Usuário não queira receber esse tipo de conteúdo, basta informar e o envio será interrompido.
Para fins de publicidade – direcionada ou não – via mail marketing, newsletter, cookies ou outros métodos. Art. 7º, inciso IX da LGPD – interesse legítimo da Supply Midia. Caso o Usuário não queira receber esse tipo de conteúdo, basta informar e o envio será interrompido.
Para realização de backup e gestão de informações em bancos de dados. Art. 7º, inciso IX da LGPD – interesse legítimo da Supply Midia.
A fim de proteger os direitos, a privacidade, a segurança, a propriedade, as operações, adotando-se o armazenamento das informações em nuvem, antivírus e Firewall pela Supply Midia. Art. 7º, inciso IX da LGPD – interesse legítimo da Supply Midia.
Para atender às obrigações impostas pela legislação vigente e pela regulação setorial. Art. 7º, inciso II da LGPD – cumprimento de obrigação legal ou regulatória pela Supply Midia.

 

Em geral, o tratamento dos dados pessoais estará embasado no cumprimento de obrigação legal ou regulatória, execução de contrato ou de procedimento contratual preliminar, no exercício regular de direitos em processo, no legítimo interesse ou no consentimento, conforme previsão nos incisos I, II, V, VI e IX do artigo 7º da LGPD.

De todo modo, o tratamento dos dados pessoais empreendido pela Supply Midia sempre estará fundado em alguma base legal, prevista nos arts. 7º e 11 da LGPD, ainda que eventualmente não tenha sido elencado na tabela acima.

 

7. Direitos dos titulares de dados pessoais

O Usuário tem direito de solicitar à Supply Midia informações referentes ao tratamento de seus dados pessoais, por meio dos pedidos abaixo:

I. Confirmação da existência de tratamento – os titulares de dados pessoais podem entrar em contato a fim de confirmar se algum dado pessoal seu é tratado pela Supply Midia.

II. Acesso aos dados – é direito dos titulares requerer acesso aos dados existentes tratados pela Supply Midia.

III. Correção de dados incompletos, inexatos ou desatualizados – os titulares de dados podem solicitar à Supply Midia, a qualquer momento, a alteração de seus dados pessoais, no caso em que estejam incorretos, inexatos ou desatualizados. São exemplos: correção de nome, alteração de telefone e endereço. É importante que os dados pessoais sejam precisos e atuais, assim, cabe ao titular manter a Supply Midia informada nos casos em que seus dados pessoais precisem ser corrigidos.

 

Em relação aos dados variáveis (contatos, endereço), há possibilidade de mudança diretamente pelos Portais da Supply Midia.

IV. Anonimização, bloqueio ou eliminação de dados desnecessários, excessivos ou tratados em desconformidade a LGPD – a solicitação só será negada pela Supply Midia nos casos em que for obrigatório ou permitido o armazenamento, de acordo com as hipóteses elencadas no art. 7º da LGPD e demais dispositivos aplicáveis.

V. Eliminação dos dados pessoais tratados com o consentimento do titular

VI. Informação das entidades públicas e privadas com as quais a Supply Midia realizou compartilhamento de dados: é direito do titular requerer acesso aos dados pessoais que forem encaminhados às entidades públicas e privadas.

VII. Informação sobre a possibilidade de não fornecer consentimento e sobre as consequências da negativa: a Supply Midia está disponível para atender e auxiliar, de forma transparente, quaisquer dúvidas que possam existir em função do tratamento dos dados pessoais dos titulares, inclusive sobre os possíveis impactos decorrentes do não fornecimento do consentimento.

VIII. Revogação do consentimento: o consentimento fornecido pelos titulares dos dados pessoais poderá ser revogado a qualquer momento por meio de pedido escrito à Supply Midia através de procedimento gratuito quando esta for a base legal para o tratamento dos dados.

Caso o Usuário deseje exercer qualquer de seus direitos, deverá entrar em contato com a Supply Midia, utilizando para tanto as informações de contato disponibilizadas nesta Política de Privacidade.

 

8. Política de cookies

Cookies são pequenos arquivos salvos nos dispositivos do USUÁRIO, como computador, smartphone e tablet, quando um site é acessado. O uso de cookies pela SUPPLY MIDIA se faz necessário para fornecer ao USUÁRIO de nosso site uma boa experiência com segurança. Para maiores informações, consulte nossa política de cookies (link).

 

Compartilhamento de Dados com Terceiros

A Supply Midia compartilha dados pessoais coletados dos Usuários para possibilitar a prestação de serviços e o suporte aos Usuários, nesse sentido, destaca-se o compartilhamento com Responsáveis Técnicos associados à Supply Midia.  Todo compartilhamento é feito com adoção das medidas de segurança de natureza técnica e administrativa necessárias.

Além destas hipóteses, a Supply Midia pode compartilhar dados pessoais dos Usuários nos casos em que for necessário para o cumprimento da legislação aplicável ou diante de requisição de autoridades públicas ou governamentais.

 

9. Medidas de segurança

A Supply Midia tem o compromisso com os três pilares da segurança da informação: confidencialidade, integridade e disponibilidade.

Em suma, o Supply Midia adota medidas de segurança de natureza técnica e administrativa adequadas para proteger os dados pessoais sobre seu controle, bem como mantém registro das operações de tratamento de dados pessoais que realiza.

A SUPPLY MIDIA limita o acesso às informações pessoais aos colaboradores, contratantes e agentes da organização que precisam ter conhecimento dessas informações para tratá-las. Essas pessoas estão comprometidas com obrigações de confidencialidade e podem ser submetidas a punições, incluindo rescisão de contrato e processo criminal, caso não cumpram essas obrigações.

 

10. Retenção e descarte dos dados pessoais

Os dados pessoais tratados pela Supply Midia serão armazenados durante o tempo em que estiver vigente o contrato (art. 7º, inciso V da LGPD). Findo o contrato, as informações do Usuário, incluindo dados pessoais de terceiros, serão armazenadas de acordo com as normas de prescrição do direito brasileiro, salvo se o tratamento tiver como base o consentimento do titular, que poderá ser revogado a qualquer tempo. Em havendo legítimo interesse que justifique o armazenamento, será oferecida a possibilidade de opt-out, como nos casos que envolvam comunicações de marketing.

Após o prazo prescricional, os dados pessoais tratados pela Supply Midia serão eliminados, com exceção dos casos em que o tratamento for necessário em razão das hipóteses previstas nos incisos do art. 16 da LGPD, abaixo destacadas:

I – cumprimento de obrigação legal ou regulatória pelo controlador;

II – estudo por órgão de pesquisa, garantida, sempre que possível, a anonimização dos dados pessoais;

III – transferência a terceiro, desde que respeitados os requisitos de tratamento de dados dispostos nesta Lei; ou

IV – uso exclusivo do controlador, vedado seu acesso por terceiro, e desde que anonimizados os dados.

 

11. Modificação da Política de Privacidade

A Supply Midia se reserva o direito de alterar o teor desta Política de Privacidade a qualquer momento, conforme a finalidade ou necessidade, tal qual para adequação e conformidade legal de disposição de lei ou norma que tenha força jurídica equivalente, cabendo ao USUÁRIO verificá-la sempre que efetuar o acesso ao ambiente virtual da Supply Midia.

Caso alguma disposição desta Política de Privacidade seja considerada ilegal ou ilegítima por autoridade da localidade em que o nosso USUÁRIO resida ou de onde parte sua conexão à Internet, as demais condições permanecerão em pleno vigor e efeito.

 

12. Encarregado de dados

O Encarregado pelo Tratamento de Dados Pessoais na Supply Midia é o responsável por assegurar a adequação à Lei nº 13.709, de 2018, conhecida como Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), garantindo que o tratamento de dados pessoais seja sempre realizado de forma adequada, assim como sendo o canal de comunicação entre o Controlador, os titulares de dados e a Autoridade Nacional de Proteção de Dados Pessoais – ANPD. A necessidade de indicação de Encarregado pelo Tratamento de Dados Pessoais está prevista no art. 41 da LGPD.

Diante da necessidade de indicação de Encarregado pelo Tratamento de Dados Pessoais conforme art. 41 da LGPD, o Encarregado de Dados da Supply Midia é Marcelo de Carvalho.

Portanto, caso o titular dos dados pessoais tenha dúvidas a respeito de como a Supply Midia trata seus respectivos dados pessoais, buscando informações, soluções de dúvidas e tudo mais que esta política contempla, poderá entrar em contato com o encarregado através do e-mail dpo@supplymidia.com.br.

 

13. Disposições Gerais

O USUÁRIO reconhece que toda comunicação realizada por e-mail (aos endereços informados no seu cadastro), SMS, aplicativos de comunicação instantânea ou qualquer outra forma digital, virtual também são válidas como prova documental, sendo eficazes e suficientes para a divulgação de qualquer assunto a que se refira aos serviços prestados pela Supply Midia, bem como às condições de sua prestação ou a qualquer outro assunto nele abordado, ressalvadas as disposições expressamente diversas previstas nesta Política de Privacidade.

 

14. Data de alteração

A última atualização desta Política de Privacidade foi realizada em 15/02/2024.

Receba nossas novidades

Junte-se à nossa newsletter para se manter atualizado sobre recursos e lançamentos.

    Ao se inscrever, você concorda com nossa Política de Privacidade e dá consentimento para receber atualizações da nossa empresa.