Os desafios da maternidade no mundo dos negócios

Os desafios da maternidade no mundo dos negócios

Os desafios da maternidade no mundo dos negócios

Com o dia das mães chegando, é importante discutir e levantar algumas pautas em prol das mulheres. Umas delas é a de conciliar ser mãe e uma mulher de negócios. A maternidade tem sido um ofício contínuo, 24h por dia, 7 dias por semana, sem direito a férias e com pouco descanso. Por esse motivo, muitas mães acabam sacrificando suas carreiras para se dedicarem 100% aos filhos e isso não é uma escolha, mas sim necessidade.

Não é uma tarefa fácil conciliar a criação dos filhos, cuidados com a casa e a administração de um negócio. Se pensarmos o cuidado dos filhos como a gestão de uma startup, há muitas semelhanças do ponto de vista de gerenciamento de prioridades e demandas. Afinal, é necessário fazer a coordenação do todo, planejar o dia a dia, criar metas, prever falhas, pensar no próximo passo e muito mais.

Além da administração, cabe à mãe o trabalho dos colaboradores do negócio, a mão de obra: elas preparam o alimento do filho, dão banho, lavam suas roupas, o colocam para dormir, levam à escola e ao médico, dedicam tempo para ajudá-lo com lições de casa e separam um momento para brincarem juntos. 

Seja para mães ou pais, trabalhar, e ao mesmo tempo dar atenção aos filhos, nem sempre é uma tarefa fácil. Mas por diversas razões, para as mulheres de negócios – sejam empresárias, trabalhadoras formais ou informais – conciliar maternidade e carreira profissional pode ser ainda mais complicado.

Por que ser mãe ainda é um problema no mercado de trabalho? 

“Maternal wall” é uma expressão que, apesar de estrangeira, pode ser facilmente associada ao mercado brasileiro. O termo se refere a estereótipos e formas de discriminação encontradas por mães que trabalham ou estão à procura de emprego. 

Considerando o cenário como um todo, sabemos que inúmeras vezes mães são, de forma enviesada, vistas como menos competentes e comprometidas com seus empregos. Essa forma de discriminação pode ser expressa de maneiras diversas, como pela não oferta de uma promoção desafiadora, considerando que o novo cargo poderá tomar mais tempo. 

Além disso existem os chamados mitos da maternidade, em que mulheres com filhos são comumente associadas ao trabalho doméstico e ao cuidado com o lar e que, em razão das múltiplas funções, poderiam não as exercer de forma excelente quando somadas a rotina de trabalho.

Os problemas ainda se ampliam porque, quando está em busca de um emprego, uma mãe possui menor possibilidade de ser contratada, recebe ofertas mais baixas de salário e inicia uma relação empregatícia por vezes associada ao empenho inferior. 

Em razão dessa ideia cultural de que a maternidade seria incompatível com o local de trabalho, um estudo realizado pela Catho em 2018 mostra que: 

  • 30% das mulheres deixam o mercado de trabalho para cuidar dos filhos, enquanto entre os homens o número é 7%;
  • 48% das mães apontam que enfrentaram problemas no trabalho por terem que se ausentar em razão dos filhos;
  • 20% relatam terem sido demitidas

Outros motivos ainda são levantados como pontos de atrito e reforçam as desigualdades, como:

  • o retorno pós-parto em menos de 3 meses;
  • o receio de chegar tarde ao trabalho para ir a uma reunião escolar. 

A verdade é que essa discriminação é contra-intuitiva, pois estudos também mostram que as funcionárias se tornam melhores e mais eficientes depois de se tornarem mães

Os desafios enfrentados pelas mães no mercado de trabalho

Mudar de CPF para CNPJ é um grande desafio para a mulher, porém quando esta mulher encontra uma rede de apoio, principalmente de mulheres que já obtiveram resultados com seus negócios O caminho da mãe que está iniciando no empreendedorismo é encurtado, por estar seguindo um modelo que deu certo.

A mãe empreendedora vai precisar superar uma série de desafios como; adquirir hábitos saudáveis, ter autocontrole, ter resiliência, ter disciplina, ter rotina, e o maior deles é conciliar a rotina de trabalho com a família. Mas todo desafio também vem recheado de grandes oportunidades, caminhos e saídas incríveis. E empreender é uma delas.

Possivelmente muitas de nós nunca se imaginou ser dona do seu próprio negócio, porém muitas mulheres mães tem se destacado no empreendedorismo e tem revelado que sim, é totalmente possível ser bem sucedida sendo mãe e empreendedora.

O empreendedorismo feminino como alternativa

O empreendedorismo pode ser uma boa oportunidade para as mães que desejam continuar ativas profissionalmente sem deixar de cuidar dos filhos. Ser uma mãe empreendedora e trabalhar por conta própria, muitas vezes é a única maneira para manter a sua renda e ainda conciliar a maternidade na rotina de negócios. 

Realização pessoal

Com a chegada dos filhos é normal que as mães deixem suas paixões e talentos de lado, afinal o trabalho é duro, porém isso pode trazer um sentimento de insatisfação. Uma boa maneira para ser uma mãe empreendedora é tentando fazer algo que dê prazer, desta forma é mais fácil enxergar a jornada de trabalho como uma realização pessoal.

Independência financeira

A sensação de não depender de ninguém é ótima para a autoestima da mãe. A independência financeira, além de trazer segurança, faz com que a mulher se sinta no controle da própria vida. 

Identidade própria

Muitas vezes ao se tornarem mães, as mulheres renunciam à sua identidade para se dedicarem em tempo integral aos filhos. Criar o próprio negócio ajuda a resgatar essa identidade, permitindo enxergar a si mesma, e não somente aos filhos.

Dicas práticas pra mães que desejam começar empreender:

Rotina, planejamento e rede de apoio

Tenha um planejamento para lidar com as duas funções diariamente, tenha clareza sobre quais atividades essenciais seu negócio exigirá de você.

Sendo assim faça uma lista com as suas tarefas diárias, selecione por ordem de prioridade, e assim poder executar tudo com sucesso.

Se seu filho ainda for bebê, se esforce para desempenhar seu papel de empreendedora quando ele estiver dormindo, pois é nesse horário que seu negócio irá andar.

Caso ele já esteja na escola, aproveite o tempo dele em casa para investir em tempo de qualidade com ele, nesse horário se for possível não desenvolva nada relacionado ao trabalho. Porém quando ele for para a escola, foque 100% no seu projeto de trabalho, e aproveite o tempo.

Atue em áreas que você domina

O que você mais gosta de fazer? o que você faz com todo emprenho e dedicação mesmo que ninguém te retribua financeiramente? A sua virada pode estar nesse lugar onde você irá realizar aquilo que ama. Estude, se qualifique e se posicione estrategicamente para atuar, sendo um diferencial na sua área. Ser muito bem remunerado, ele te ensina estratégias e técnicas de marketing digital que te darão suporte em qualquer negócio que deseja começar

Prepare-se financeiramente

Faça uma reserva financeira, se você trabalha na CLT, junte dinheiro até ter uma reserva que lhe garanta pelos menos de 5 a 8 meses fora do mercado de trabalho, pegue parte desse dinheiro para investir no seu negócio.

Cuidado para não fazer grandes investimentos que consumiram todas as suas reservas financeiras.

Tenha clareza do seu negócio

Anote todas as atividades que seu negócio exigirá de você, liste-as das mais importantes às menos importantes, priorize realizar aquelas mais importantes no início do seu dia, pois suas energias estão a todo vapor. Planejamento semanal, mensal, anual devem estar fixados na caderneta da mulher empreendedora.

Se cuide

Não adianta você se esforçar pela sua empresa e não ter tempo de qualidade pra seu autocuidado. Você merece todo cuidado e atenção, não negligencie isto, isso é essencial pra fazer você evitar o esgotamento emocional e físico.

Divida as tarefas de casa

Se você mora com alguém, não deixe em pedir ajuda no cuidado com os filhos, e muito menos nos trabalhos domésticos.

Isso vai te ajudar a não ficar sobrecarregada, se você já tiver condições contrate alguém de sua confiança para ficar com as crianças no momento que você estiver trabalhando.

Para saber mais informações sobre a nossa plataforma gestão financeira e sobre como trabalhamos com a tecnologia para otimizar os processos gerenciais do seu negócio, acesse o nosso site https://www.supplymidia.com.br/ .

Compartilhe:
FacebookTwitterLinkedIn

Receba nossas novidades

Junte-se à nossa newsletter para se manter atualizado sobre recursos e lançamentos.

    Ao se inscrever, você concorda com nossa Política de Privacidade e dá consentimento para receber atualizações da nossa empresa.