O que são custos fixos e custos variáveis

O que são custos fixos e custos variáveis

O que são custos fixos e custos variáveis

É importante saber o que são os custos fixos e variáveis e como identificá-los no seu negócio. O gerenciamento financeiro de uma empresa envolve contabilizar e administrar bem os gastos, a fim de garantir melhores resultados de caixa. É muito importante para o investidor, possuir o conhecimento da diferença destes dois custos, pois eles afetam diretamente as decisões operacionais da companhia.

Conheça os custos fixos

  • Os custos fixos de uma empresa são aqueles que são menos propensos a apresentar variações de acordo com o volume de produção ou de vendas.

Despesas como aluguel, serviços de segurança, limpeza, planos de telefonia, manutenção de equipamentos por exemplo, são considerados custos fixos. É claro que existe uma margem de variação nesses custos como por exemplo, um reajuste no aluguel. Porém, a variação dessas despesas é mínima ou só ocorre de tempos em tempos.

Conheça os custos variáveis

  • Já os custos variáveis correspondem aos gastos que aumentam ou diminuem de forma proporcional ao nível de atividade.

Além do gasto com matéria-prima, as despesas com energia elétrica e água também se encaixam nesses gastos caso sua produção esteja relacionada ao consumo de água e luz. Os custos de mão de obra podem ser fixos, uma vez que você sabe o valor dos salários. Porém, esses custos também podem ser categorizados como variáveis, caso se tenha que gastar com horas extras, ou caso você precise de mais ou menos funcionários para realizar as atividades. Assim, a categorização entre fixos e variáveis vai depender da natureza e do funcionamento do seu negócio.          

Para quê diferenciar os custos?

Esta diferença é uma parte fundamental para se compreender as características financeiras de uma empresa. Se a estrutura de custos for composta especialmente de custos fixos, o gestor estará mais propenso a aceitar ofertas de baixo preço para os seus produtos. Uma vez que o custo fixo foi amortizado, todas as vendas adicionais geralmente têm margens muito elevadas. Isto significa que um negócio de alto custo fixo pode trazer lucro muito grande quando há pico de vendas, mas pode incorrer igualmente em grandes perdas quando ocorre declínio de vendas.

Para poder separar os custos fixos dos variáveis na contabilidade da empresa, o primeiro passo é levantar todos os gastos de um determinado período de tempo. Com eles, é possível montar uma planilha para observar a sua variação mensal. O ideal é que essa tabela contenha também a produção ou o faturamento com vendas, assim é possível perceber a relação entre o nível de atividade da empresa e o impacto nos seus custos.

O cuidado com os custos é essencial para a saúde financeira da empresa. Práticas erradas envolvendo os custos podem resultar em prejuízo, como ocorre com a má formação de preços e com o mau planejamento do orçamento empresarial.

Como gerenciar

Mas além de saber o que são os custos e como eles são classificados, é importante que você possa contar com boas ferramentas de planejamento como o nosso Total Bank, que unifica toda a gestão financeira interligada à entidade bancária em um único acesso, oferecendo maior segurança, comodidade e eficiência para administrar o seu negócio e o Total For, um portal de fornecedores e antecipação completo, simples e flexível para publicar e consultar informações e comprovantes, assinar documentos, negociar recebíveis e agendar entregas, tudo de forma eletrônica, reduzindo custos e mantendo a cadeia de abastecimento eficiente. A Supply Midia oferece os melhores recursos para auxiliar o gerenciamento do seu negócio! Para saber mais sobre os nossos produtos acesse https://www.supplymidia.com.br/.

Compartilhe:
FacebookTwitterLinkedIn

Receba nossas novidades

Junte-se à nossa newsletter para se manter atualizado sobre recursos e lançamentos.

    Ao se inscrever, você concorda com nossa Política de Privacidade e dá consentimento para receber atualizações da nossa empresa.