Margem líquida: entenda o que é e como calcular

Margem líquida: entenda o que é e como calcular

Margem líquida: entenda o que é e como calcular

Ficar atento ao lucro líquido da empresa é muito importante, mas talvez seja interessante dar mais atenção à margem líquida, pois ela pode evitar surpresas desagradáveis e permitir uma tomada de decisão mais rápida e eficiente.

FATURAMENTO X LUCRO

Faturamento é diferente de lucro. Imagine que a empresa teve inúmeras despesas, como aquisição de mercadorias, custos com folha de pagamento, gastos com transporte das mercadorias e recolhimento de tributos. Naturalmente, eles devem ser descontados, e somente o que resta pode ser considerado lucro.

MAS ENTÃO O QUE SERIA A MARGEM LIQUIDA?

Esse índice de lucratividade é um excelente indicador da saúde financeira de um negócio e pode ajudar a determinar com clareza o seu potencial econômico e financeiro. Normalmente são apresentadas por uma empresa no seu demonstrativo de resultados trimestrais ou no consolidado anual.

Ao analisar com frequência a margem líquida e outros indicativos financeiros, o gestor consegue identificar problemas de forma antecipada e assim, traçar estratégias que ajudem a resolver essa situação como cortar gastos, procurar novos fornecedores, ampliar lojas etc.

COMO CALCULAR A FÓRMULA DA MARGEM LÍQUIDA

Exemplo: uma empresa faturou R$ 20 mil dentro de 1 mês, porém teve R$ 6 mil de gastos com fornecedores, R$ 3 mil em despesas administrativas e tributos e mais R$ 4 mil com a folha de pagamentos. Assim, do faturamento, restaram R$ 7 mil que foi o lucro líquido.

Ao aplicar a fórmula acima, temos como resultado o valor de 35. Ou seja, a cada 100 reais vendidos, o negócio tem uma lucratividade de 35 reais.

Para encontrar a margem líquida, é preciso dividir o lucro pela receita total e, em seguida, multiplicar por 100. Assim temos:

MARGEM LÍQUIDA = (LUCRO LÍQUIDO/ RECEITA TOTAL) X 100
X= (7.000/20.000) x 100
0,35 x 100=
35

Em caso de inadimplência por exemplo, será possível ver a partir da margem líquida quantos clientes a empresa precisará para cobrir uma falta de pagamento.

De acordo com os especialistas, as empresas de serviço devem trabalhar com uma margem líquida ideal a partir de 20%, enquanto para as indústrias esse valor é de apenas 8%. Bancos e instituições financeiras em geral também utilizam a métrica da Margem Líquida para conseguir avaliar se vão emprestar determinado valor a uma empresa ou de repente liberar uma linha de crédito.

Como vimos acima, é muito importante para uma empresa trabalhar com uma margem líquida folgada, mediante a isso é fundamental avaliar 2 questões:

– Se o valor de venda do produto ou serviço é competitivo;
– Se o custo é alto consequentemente o valor de venda irá ficar muito acima da média de mercado, podendo inviabilizar o lançamento ou venda do produto.

Aqui na Supply Mídia nos temos algumas ferramentas auxiliares para impulsionar mais ainda o seu negócio. Uma delas é o Total Bank,  plataforma direcionada para gestão de negócios que irá ajudar a administrar seus extratos bancários, remessas de pagamentos, arrecadação de pagamentos e emissão de boletos bancários e muito mais.

Agora que você já sabe como calcular sua margem líquida e como ela pode ser muito importante para o seu negócio, acesse outras informações sobre gestão e finanças lendo os artigos no nosso blog em https://www.supplymidia.com.br/blogsupply/.

Compartilhe:
FacebookTwitterLinkedIn

Receba nossas novidades

Junte-se à nossa newsletter para se manter atualizado sobre recursos e lançamentos.

    Ao se inscrever, você concorda com nossa Política de Privacidade e dá consentimento para receber atualizações da nossa empresa.