Entenda o que é e como funciona uma startup

Entenda o que é e como funciona uma startup

Entenda o que é e como funciona uma startup

Startups são o modelo de negócio que vem dominando e revolucionando o mercado através da criação de novas maneiras de lidar com os funcionários e com o público, atendendo às necessidades dos consumidores de forma inovadora. Startups são inovação e muito mais:

Saber o que é startup pode mudar a maneira como você vê o empreendedorismo.

O que é uma startup?

Toda startup é uma empresa jovem, e não apenas porque foi fundada há pouco tempo por empreendedores de pouca idade. Uma startup está em constante inovação em suas práticas e ideias, para poder sobreviver em um cenário muito competitivo e incerto.

O termo startup começou a ser usado em todo o mundo durante a Bolha da Internet, uma crise especulativa que atingiu as primeiras grandes empresas online. Antes disso, ele já era usado em especial nos Estados Unidos, tendo se originado no Vale do Silício.

Muitas startups foram criadas e funcionam exclusivamente via internet, mas não se enganem: nem todas as startups são negócios online. E não é porque a raiz da palavra é o verbo “start”, que em inglês significa começar, que uma empresa deixa de ser startup depois de alguns anos no mercado – embora isso eventualmente ocorra e seja o objetivo do empreendedor. Toda startup é igual em uma coisa: na inovação. Toda startup pensa e desenvolve um modelo de negócios próprio para atender às necessidades do cliente de maneira inovadora, e por causa disso tem um grande potencial de crescimento. É este diferencial, esta proposta inovadora, que faz de uma jovem empresa uma startup.

Como funciona uma startup?

Para entender o que é startup, é preciso ter uma noção de como uma startup funciona. E toda startup funciona de acordo com estes três nortes:

Inovação

Inovação é a condição básica para uma empresa ser denominada startup. Entregar produtos, serviços, ou até mesmo experiências que atendam às necessidades do cliente de uma forma criativa é o que uma startup faz – podendo até mesmo criar novos nichos de mercado através de suas práticas. Muitas startups optam por usar a tecnologia para trazer inovação ao seu modo de fazer negócios, por causa do próprio ambiente hiperconectado em que vivemos. Mas isso não é obrigatório, e existem, sim, startups que não dependem da tecnologia para serem inovadoras

Repetível e escalável

Uma startup precisa apresentar um negócio, produto ou serviço que seja repetível e escalável para que ela atinja estabilidade e cresça mais rapidamente.
Por isso, a solução inovadora que deu origem à startup deve ser fácil de ser replicada, e em escala cada vez maior. Isso significa que o produto ou serviço deve ser o mesmo ou semelhante para todos os consumidores, com pouca ou nenhuma possibilidade de customização, que é algo que encarece e dificulta o funcionamento das startups.
Quando o modelo de negócios é repetível e escalável, seu custo de manutenção é baixo, e conforme a empresa cresce, os custos com operação não aumentam muito.

Flexibilidade

Não basta ser criativo apenas na hora de criar a empresa, mas também é preciso usar a criatividade e estar disposto a abraçar mudanças todos os dias, quando se faz a gestão da empresa. A flexibilidade inclui modificar processos internos, responder rápido a desafios de marketing, adaptar o trabalho e o serviço às demandas do mercado, testar sempre novas formas de agradar e fidelizar o consumidor, entre outros. Um exemplo de flexibilidade usada no momento certo pode ser encontrado no PayPal, uma startup que tinha como objetivo servir de carteira digital em smartphones, mas que começou a ser usada pelos consumidores para transferência de dinheiro em negociações, e decidiu mudar o foco de suas operações.

Certamente quase todos já ouviram falar em startups, e usa os serviços de várias delas todos os dias, mas talvez ainda tenham dúvidas sobre o que é startup, como ela funciona e se vale a pena investir em uma.

Ao analisar o mercado, é possível verificar que grande parte das grandes empresas surgiu como startups com pouco dinheiro, muito risco e diante de contextos incertos. A tendência é o surgimento constante de novos modelos de negócios cada vez mais inovadores. Exigindo que empreendedores se tornem cada vez mais conectados, competitivos e atualizados para acompanharem a complexidade da atualidade

Para saber mais informações sobre dicas de gestão de financeira, ferramentas para otimizar seu negócio e novidades sobre mercado de tecnologia acesse o nosso blog para ficar por dentro. https://www.supplymidia.com.br/blogsupply/

Compartilhe:
FacebookTwitterLinkedIn

Receba nossas novidades

Junte-se à nossa newsletter para se manter atualizado sobre recursos e lançamentos.

    Ao se inscrever, você concorda com nossa Política de Privacidade e dá consentimento para receber atualizações da nossa empresa.