Conciliação Bancária: Como fazer e quais os benefícios

Conciliação Bancária: Como fazer e quais os benefícios

Conciliação Bancária: Como fazer e quais os benefícios

Provavelmente você como gestor já fez a comparação entre o saldo da conta bancária da empresa com as informações presentes no seu software de gestão, certo? Esse processo se chama Conciliação Bancária. Umas das principais preocupações dos gestores hoje em dia é a saúde financeira da empresa, já que disso depende o sucesso do empreendimento. Para que isso aconteça, diferentes ferramentas e processos podem ser utilizados para controlar as finanças do negócio. Uma delas é a conciliação bancária, e para isso veremos como fazê-la e qual a sua importância.

O que é a conciliação bancária

A conciliação bancária é muito importante para ter certeza de que as movimentações financeiras da empresa estão ocorrendo como previsto e identificar acontecimentos que podem prejudicar a saúde financeira da organização, como as fraudes.

Fazer a conciliação bancária permite que a empresa tenha mais segurança e tranquilidade na gestão financeira, já que seus gestores podem confirmar que os repasses estão sendo feitos corretamente. Além disso, se houver alguma irregularidade, esse processo permite uma identificação mais rápida do problema, o que também agiliza a solução e pode evitar que o erro se repita.

A princípio, pode parecer que esse é um processo burocrático demais ou que não faz diferença para a saúde financeira da empresa. Porém, não detectar um problema no repasse ou no controle interno pode trazer um grande prejuízo ao negócio em longo prazo, principalmente quando se trata de um número grande de movimentações financeiras ou de grandes quantias.

Além disso, o controle interno dos recebimentos e pagamentos é usado como base para muitos relatórios financeiros e caso haja algum erro neles, essas demonstrações também estarão erradas. Aí o problema se torna ainda maior, já que essas ferramentas são utilizadas para a tomada de decisão sobre toda a gestão financeira do empreendimento.

Para entender como se faz conciliação bancária, basta observamos os pontos centrais deste importante processo para o controle e gestão financeira de um negócio. Citamos aqui 4 passos de como realizar uma conciliação bancária na sua empresa, e são elas:

Implementação de lançamentos diários

Criar uma cultura de controle diário de movimentações é indispensável para a gestão financeira como um todo e fornece a segurança que sua empresa precisa para planejar investimentos e entender a realidade, de fato, de uma organização. No plano da conciliação bancária, esta prestação de contas envolve o registro de todas as entradas e saídas de suas contas empresariais – incluindo todas as taxas bancárias.

Processo de conferência de saldos

Em seguida, é preciso verificar se os saldos do controle interno, tanto o inicial quanto o final, estão de acordo com os saldos presentes no extrato bancário.

Análise detalhada dos lançamentos

Nesta etapa, é preciso confirmar se as datas de lançamento do extrato bancário batem com os do controle financeiro interno batem para evitar futuros transtornos com atrasos e multas.

Revisão e correção dos dados em caso de diferença nos lançamentos

Finalmente, é necessário realizar uma revisão final de todo o processo de conciliação, para verificar se há alguma inconsistência entre os dados registrados no controle interno e suas movimentações bancárias. Em caso afirmativo, é necessário corrigir de imediato a falha, para que a gestão financeira da empresa não fique prejudicada.

Por fim, outro benefício de fazer a conciliação bancária é acompanhar o fluxo de caixa da empresa de maneira constante, o que traz facilidades para o dia a dia, mas também é relevante pensando em todo o planejamento estratégico do negócio. Isso porque, com informações que demonstram como o caixa se comporta, o gestor pode ter mais segurança e assertividade ao planejar as operações.

Na Supply Midia, desenvolvemos uma plataforma para facilitar o dia-a-dia do gestor com as suas conciliações bancarias. O Total Bank possui plataforma única para gestão de todo o fluxo financeiro da empresa, consolidando soluções para os pagamentos e recebimentos. O sistema unifica toda a gestão financeira interligada à entidade bancária em um único acesso, tonando a conciliação bancaria mais pratica e otimizada. Dessa forma, além de ter informações seguras, confiáveis e atualizadas em tempo real, a sua equipe ainda pode se dedicar a atividades mais estratégicas para o negócio, enquanto o software faz todo o processo de conciliação automaticamente. E caso haja alguma divergência, você consegue identificar o erro de forma rápida, sem que ele traga prejuízos para o empreendimento.

Para fazer uma conciliação bancária correta e bem estruturada, confira alguns hábitos a se manter diariamente:

  • crie o hábito de registrar todas as movimentações financeiras da empresa;
  • arquive os documentos que originaram as transações financeiras, como notas fiscais, extratos, comprovantes de pagamento, depósitos e transferências;
  • lembre-se de anotar todos os dias qual é o saldo bancário da empresa, quais são as entradas e saídas de dinheiro;
  • não observe apenas os números finais, sempre dê uma atenção para as datas de lançamentos;
  • anote os prazos e crie uma cultura de prestação de contas.

Mantendo esses hábitos e praticando a conciliação bancária diariamente, você perceberá que a empresa terá uma gestão financeira mais eficiente e eficaz.

Para saber mais sobre dicas de gestão de negócios, informações sobre novas tecnologias e como podemos melhorar e otimizar a sua rotina, acesse o nosso site https://www.supplymidia.com.br/.

Compartilhe:
FacebookTwitterLinkedIn

Receba nossas novidades

Junte-se à nossa newsletter para se manter atualizado sobre recursos e lançamentos.

    Ao se inscrever, você concorda com nossa Política de Privacidade e dá consentimento para receber atualizações da nossa empresa.