7 dicas para o trabalho em equipe

7 dicas para o trabalho em equipe

7 dicas para o trabalho em equipe

Falar em “trabalho em equipe” é fácil, o difícil é alinhar interesses, competências e habilidades profissionais. O mercado de trabalho cada vez mais exigente, selecionando pessoas com forte capacidade de adaptação, flexíveis e que saibam ver nos outros a oportunidade de novas aprendizagens de troca. Cientes da importância de preservar funcionários motivados e engajados, o discurso de fortalecer um trabalho em equipe de forma contínua na maioria das instituições, é na prática mais difícil do que ensina las na teoria.

Pensando nisso, vejamos agora 7 dicas de como melhorar o relacionamento em equipe na sua organização:

1. Antes de falar, escute.

Nem sempre as suas ideias serão escolhidas. É muito difícil conviver e principalmente trabalhar, com alguém que nunca admite que está errado ou que alguém tem uma solução melhor do que a sua. Tenha paciência na hora de apresentar o seu ponto de vista e não deixe de fazê-lo, mas aprenda que nem sempre a decisão final será sua. O essencial é você saber ouvir a opinião do próximo! Quem sabe a ideia dele não é melhor ou complementar à sua?

2. Respeite e aprenda com as diferenças

Toda pessoa é singular e traz consigo experiências, talentos e valores que quando compartilhados ampliam o conhecimento. Nunca julgue seu companheiro de equipe por seu modo de falar, pela sua cor ou religião, isto fará com que sua imagem não seja bem vista. Quando pensar em falar algo sobre ele, pergunte-se se isso o afetará de alguma forma, seja no trabalho de vocês ou pessoalmente… Ouça e analise a posição dos seus colegas, são pontos de vistas distintos, mas que com certeza irão nos agregar em conhecimento! Respeite-os.

3. Cuidado com a crítica

Mesmo que necessária, a crítica geralmente provoca desastres irreparáveis se aplicada de maneira errada. As críticas devem ser feitas de maneira sensata, tornando o ambiente mais construtivo e agregando crescimento a outra pessoa. Então, que tal também elogiar uma boa prática? Um simples elogio é um propulsor para que possamos produzir melhor do que antes. Além de melhorar a autoestima, você se tornar uma pessoa mais agradável no convívio em grupo.

4. Esteja aberto para novas ideias

Não é porque você é líder ou diretor de um projeto, que estará sempre certo ou que a decisão final será sempre a sua. Temos que aprender e evoluir enquanto seres humanos. Aceitar o novo e a ideia de outras pessoas, são passos importantíssimos para o alcance de bons resultados e aprendizados.

5. Seja participativo

Ser proativo é uma característica que quando bem desenvolvida, pode auxiliar bastante no trabalho coletivo. Tomar iniciativa diante de situações diversas, ajudar na solução de problemas e inovar constantemente, são exemplos de comportamentos proativos. Assim, você estará mostrando ao grupo que todos podem confiar em você e delegar tarefas sem medo.

 6. Seja comprometido com a empresa e com a equipe

Não se esqueça que no fim das contas, todos estão trabalhando para a mesma empresa e procurando atingir os mesmos objetivos. A autoavaliação é fundamental para analisar se você está dando o seu melhor no trabalho em equipe. Se suas atividades estão ligadas às de outra pessoa, respeite os prazos. Prometeu? Cumpra.

7. Seja companheiro

Para algumas pessoas o trabalho em equipe é mais prazeroso do que para outras, tendo em vista os diversos tipos de personalidades que existem. O mais importante é que cada um tem o seu tempo para adequar às nuances que um trabalho em equipe envolve. Lembre-se, no trabalho vocês são companheiros e devem estar juntos. Pensando nesta situação, apoie seus companheiros de equipe, pois da mesma forma que eles precisam de ajuda, um dia você irá precisar.

Quando o grupo está trabalhando em sincronia, os resultados serão alcançados de forma mais rápida do que seria no trabalho individual. Além disso, ele permite ampliar conhecimentos dos colaboradores envolvidos, que acabam trocando figurinhas e aprendendo uns com os outros. Os processos de uma empresa normalmente não são individuais, tudo é feito para o bem geral de todos os membros. Portanto, cada um é responsável pelo sucesso de uma tarefa bem feita, ou pelo fracasso de uma operação mal sucedida.

Lembrem se, uma equipe pode ser um grupo, mas nem todo grupo necessariamente pode ser uma equipe.

Para saber outras dicas e informações para o desenvolvimento do seu negócio, acesse o nosso blog https://www.supplymidia.com.br/blogsupply/.

Compartilhe:
FacebookTwitterLinkedIn

Receba nossas novidades

Junte-se à nossa newsletter para se manter atualizado sobre recursos e lançamentos.

    Ao se inscrever, você concorda com nossa Política de Privacidade e dá consentimento para receber atualizações da nossa empresa.